Secretaria de Educação de Marituba apresenta projeto de Robótica nas Escolas

0

Secretaria de Educação de Marituba apresenta projeto de Robótica nas Escolas

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) realiza, no decorrer desta segunda e terça-feira (22 e 23), a apresentação do Projeto de Robótica nas Escolas para gestores e professores das escolas municipais de Marituba que deverá ser implementado a partir do início do próximo ano.

Professores e gestores municipais de Marituba

A princípio, 32 professores serão capacitados, sendo um professor por escola, no próximo dia 30 de novembro para atuar a frente do projeto que tem como objetivo desenvolver competências e habilidades dos alunos, criar processos nos quais os estudantes aprendam sobre as etapas de produção e expor a produção dos alunos para a sociedade em geral.

Os professores Marco Antônio e Caio Rosa, que estão à frente do projeto, explicam que o projeto visa incentivar a criatividade do aluno e seguirá um critério para a participação dos alunos. “O nosso projeto seguirá uma metodologia com critérios para seleção dos alunos que deverão estar devidamente matriculados do 6º ao 9º anos, serem assíduos e com um desempenho satisfatório em sala de aula”, afirma o professor Marco Antônio.

O projeto visa incentivar a criatividade do aluno

Para a coordenadora pedagógica da Semed, Joice Bahia, o Projeto de Robótica nas Escolas visa fazer com que o aluno entenda os mecanismos que envolvem a robótica. “Nosso objetivo é que esses alunos saiam daqui com condições de evoluir cada vez mais, voltados para a educação e trabalhar algo diferente com esse aluno visando trazê-lo cada vez mais para dentro da escola”, explica.

A gestora da Escola Professora Gracinda Peres, Maria Antônia Besteiro, participou da reunião de apresentação do projeto e pontua que o projeto vem a contribuir para com a educação municipal dos alunos auxiliando no desenvolvimento das suas habilidades. “Esse projeto só vem a acrescentar para a educação no nosso município e é importante para o desenvolvimento intelectual e das habilidades, trabalhando a criatividade dos alunos”, disse.

Da Redação Comus

Fotos: Ary Brito

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade