Município de Marituba participa de formação do Centro Colaborador de Alimentação e Nutrição Escolar

0

O CECANE está localizado na Universidade Federal do Pará, Belém 

A Coordenação do Centro Colaborador de Alimentação e Nutrição Escolar (CECANE/UFPA) realizou na manhã desta quarta-feira, 23, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed) do município de São Francisco do Pará, região nordeste do estado, formação sobre a execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), visando contribuir para melhoria e aprimoramento da operacionalização da merenda escolar.

Para a capacitação foram convidados os municípios de Belém, Santa Barbara e Marituba, que esteve representado por 12 nutricionistas do Departamento de Alimentação Escolar (DAE/Semed); pelo Secretário Municipal de Desenvolvimento da Agricultura, Aquicultura, Abastecimento e Pesca (Sedap), Yuri Bastos, Diretor de Agricultura, Moore Silva e Gerente de Agricultura, Abraão Aguiar.

“Em geral, para excelente execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar, realizamos esses momentos para esclarecimentos quanto aos repasses do FNDE, atribuições de todos os atores envolvidos, e assim possamos alcançar os objetivos diante as legislações”, pontua a nutricionista e agente PNAE do CECANE, Ellen Moraes.

Coordenadora do Departamento de Alimentação Escolar, Semed – Marituba, Camila Silva

No Pará, o (CECANE/UFPA) é referência e apoio ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que desenvolve as ações do PNAE, passando pelas legislações e resoluções até às chamadas públicas, pregões e licitações para aquisições do alimento escolar.

“As formações que envolvem as atividades e os atores do universo PNAE são sempre enriquecedoras. Nelas, além de termos a possibilidade de trocas de experiências com profissionais de outros municípios, temos a possibilidade de esclarecer sobre temas pertinentes para o momento que o DAE está envolvido: finalização das pautas de gêneros alimentícios que serão submetidos aos processos de licitação e chamada pública da alimentação escolar de 2023”, conta a coordenadora do DAE, Camila Silva.

Gerente de agricultura da Sedap e membro do Conselho de Alimentação Escolar (CAE), Abraão Aguiar, analisa a capacitação como “mais uma possibilidade de conhecimento do processo adequado que cerca o fornecimento dos produtos da alimentação escolar, a exemplo de produtos oriundos da agricultura familiar, para corresponderem às exigências dos órgãos competentes como o CECANE, que visam sempre a qualidade da merenda escolar”.

À direita, Gerente de Agricultura (Sedap) e membro do Conselho de Alimentação Escolar, Abraão Aguiar

 

Texto e fotos: Ascom Semed 

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade