Visando promover os direitos das crianças e adolescentes e garantir politicas de proteção integral, com respeito à diversidade, a Prefeitura de Marituba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc), realiza nesta quinta (10) e sexta-feira (11), a 9ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

9ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

A conferência que tem como tema: Situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempo de pandemia da covid-19: violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade” é um momento de mobilização social fundamental para promover a construção coletiva entre sociedade civil organizada e poder público.

Secretária da Semasc Adriana Queiroz

Durante a abertura do evento, na tarde de ontem (10), a secretária municipal de Assistência Social e Cidadania, Adriana Queiroz, comentou que a conferência é um marco na história do nosso município. “Aqui nos reunimos como um colegiado para pensarmos juntos em propostas que beneficiem e protejam nossas crianças e adolescentes. Esse público foi um dos que mais sofreram durante a pandemia que aqui a gente possa olhar com carinho para essas pessoas e colha bons frutos com projetos para colocar em prática, convictos de que estamos no tempo certo”, disse a secretária.

Representando o público em geral, o adolescente Lucas Reis, agradeceu pelo trabalho realizado com crianças e adolescente no município. “Agradeço por todo trabalho feito pelo Conselho Tutelar, Cras, Creas, escolas e postos de saúde. Sei que tem muita coisa sendo realizada no município, mas ainda coisas a serem feitas e este ambiente de discussão é perfeito para colocar nossas ideias em prática para melhorar a qualidade de vida das crianças e adolescentes. Contamos com o apoio e ideias de vocês”, afirma.

A 9ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente segue no decorrer desta sexta-feira (11) com a conferência magna, trabalhos em grupo, apresentação e aprovação de propostas e eleição dos delegados para a XI Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Da Redação Comus

Fotos: Ary Brito

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade